Não é só 0,20 centavos! (Vem pra rua!)

Ontem vi vários jovens como eu saindo as ruas com um só ideal: mudar o Brasil, jovens com medo nos olhos e com um grito de paz na boca. Fomos pela paz, mas estavamos preparados para a guerra: durante o caminho via pessoas escondendo suas mascaras e óculos de proteção para não serem aprendidos pela polícia, dentro dos vagões lotados do metrô muita gente dobrando blusas e colocando dentro de outras para se proteger de balas de borracha, eu indo ao meu destino acompanhava tudo pelo celular para saber como estava o local designado como ponto de encontro e me deparava com noticias de caos: Diziam que as estações estavam sendo fechadas, que a revista estava sendo pesada e que a tropa de choque estava no local, também corria a noticia que fotógrafos independentes estavam sendo escurraçados e tendo equipamento apreendido, eu que estava coletada como fotógrafa logo enti uma pontada de medo, perguntei a rapazes que estavam ao meu lado se eles sabia sobre todos esses rumores, os dois rapazes faziam parte de um grupo de 180 torcedores de uma torcida organizada, logo se prontificaram a me ajudar passar pela saída do metrô e me levar até o turbilhão.
Quando desci do metrô super lotado logo entrei no meio de uma multidão com gritos de protesto e mudança, não tinha como não sentir o orgulho entrar nas veias e logo me juntei aos gritos, assim que cheguei dificultosamente na saída do metrô vi que tudo que recebi via face era apenas boatos para amedrontar a galera: nada de policia, nada de choque, nada de revistas… a passeata já seguia o seu rumo, estranhamente não pegava sinal perto do metrô e me vi perdida de meus amigos mas mesmo assim prossegui até um ponto onde estavam entregando gratuitamente canetões e cartolinas, escrevi ali meu protesto e ganhei as ruas. Aos gritos do povo, hastear das bandeiras e batuque dos tambores segui.
Era uma comoção nunca vista e me senti orgulhosa de poder participar de algo que não acontecia desde 1992, mesmo tendo perdido todos que eu conhecia naquele meio eu não me sentia e nem estava sozinha, segui a manifestação até os pontos em que entraram em conflito sobre onde ir e se separaram, dali decidi seguir uma das partes do grupo até uma ponte, quando cheguei a ponte estava tomada e eu demoraria muito para subir, foi ai que avistei algo curioso, alguns manifestantes pararam seu trajeto para fazer um elevador humano, fui erguida até a ponte por voluntários, acabei pulando de mau jeito e machucando o joelho, e mesmo com dor prossegui até a manifestação parar de novo em conflito com o caminho para seguir: um grupo queria ir para a marginal, outro para a paulista e o outro para o palácio dos bandeirantes, optei pela paulista… no meio da galera escutei alguem chamar meu nome, eram meus amigos que vinham de outro ponto com outro grupo em separado do nosso, decidimos ir para a paulista mas depois de 5 horas de caminhada meu joelho começou a falhar, decidimos as 22:30 partir, mas a manifestação seguia. Durante todo o trajeto de volta eu fui acompanhando as noticias pelo celular e o sentimento de orgulho coma população do meu país continuou firme e forte, foi uma cena jamais vista e pela primeira vez sem violência! Não havia policia e os próprios manifestantes continham os vândalos, sentamos na berrini atrás de policiais que continham o transito e era uma sensação maravilhosa. Um ajudava o outro, um pensava no todo. Eu vi noticias sobre as outras manifestações e sua violência, infelizmente isso ainda não acabou e estamos sujeitos ainda a ela, como eu disse saimos em paz, mas nos defenderemos na guerra. 
O povo acordou!

Em busca de respostas? Eu também, então deixe seu comentário, opinião ou sugestão que lerei com muito carinho

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: