ARABIAN NIGHTS…

 Olá, caros leitores. Primeiramente eu gostaria de pedir perdão pela demora em publicar um post novo, mas é que …. Hã…….. Enfim, vamos ao que interessa.
Aprendi, tempos atrás, que Arte é representação. Representação da realidade, do imaginário, de sentimentos, da fé, da cultura, das experiências que se vive, do tempo em que se vive, ou do tempo que se se gostaria de viver, do tudo, do nada… Enfim, daquilo que o artista desejar. Particularmente, creio que este seja um conceito universal e ilimitado, manifestado das mais diversas maneiras, como pintura, escultura, literatura, música, arquitetura, desenho, fotografia, etc., etc., etc. Dentre estes etc.’s encontramos a dança.

E é sobre esta, uma das muitas faces da arte, que eu vou falar hoje. Certa vez, descobri um estilo que me deixou boquiaberta: é a Gothic Belly Dance. Belly dance, se alguém não souber, é a famosa dança do ventre. E a Gothic Belly Dance é a fusão entre a dança tradicional e elementos da subcultura gótica. É simplesmente uma arte maravilhosa e que merece ser divulgada. 
And you? Do you like to dance? Pois eu não, rs, eu não sei fazer isso, aliás, não nasci para ser artista [ = ( ], muito menos dançarina. Mas isto não me impedede apreciar (e muito) uma dança bem executada, assim como qualquer outra coisa. Mas então, vamos conhecer um pouco mais sobre este estilo? Como eu também não sei muito sobre o assunto, farei uso de um texto que eu peguei e adaptei de um site dedicado à Gothic Belly Dance. Enjoy!!
 “A Gothic Belly Dance, ou “Raks Gothique, como já mencionado, funde o estilo gótico ou “Goth da subcultura surgida há mais de 20 anos com a bela expressão da Dança do Oriente Médio em ambos os formatos, como cabaret e tribal.
A Música gótica abrange uma ampla variedade de vozes e sons dentro de si, mas muitos dos fundadores principais neste cenário musical há muito tempo descobriram os benefícios da fusão entre a música ocidental e os sons da Índia e do Oriente Médio (Dead Can Dance, Vas, Faith And The Muse, The Sisters of Mercy, para citar apenas alguns). 
A moda gótica abraça influências da era Vitoriana, da década de 1920 / Art Nouveau, da Renascença, do Punk, do Cyber​​ e Étnico-Primitive, criando uma aparência distinta e dramática que é ao mesmo tempo moderna e antiga. A moda reflete verdadeiramente a música e a atitude. 
Assim, quando se trata de Gothic Belly Dance, os artistas que escolhem este meio como forma de expressão trazem à vida a música através de seu figurino, expressão e coreografia.
 Pode-se
teorizar que existem dois tipos principais de dançarinas (os, não sei se homens também dançam rs) de Gothic Belly Dance: aqueles que são inspirados pela cultura/música gótica e
executam este estilo de dança em ocasiões especiais, normalmente
sazonais, como o Dia das Bruxas; e aqueles que a usam ativamente em seu
repertório numa
base muito regular – dedicados à arte em tempo integral.
Eis que se levanta a questão: você deve ser Goth fazer Gothic Belly Dance? A
resposta é NÃO — MAS, a bailarina deve ter uma forte compreensão
da cultura gótica – como seria no caso de se estudar a cultura por trás de
qualquer gênero de arte.
A cultura gótica pode
não estar enraizada em um país, mas ela definitivamente tem todas as
qualidades de uma identidade cultural e realmente pode ser estudada em
detalhes através da sua literatura, arte e música.
Não entender a cultura, ou até mesmo não fazer uma tentativa de
fazê-lo, enquanto desejando praticar a  Gothic Belly Dance, é o equivalente a
zombar do credo ou conhecimento de outra pessoa.
Gothic Belly Dance não se trata de “jogar o vestido para o alto” ou “olhar de forma estranha”. É sobre a expressão do seu lado obscuro, expondo sua alma  num espetáculo de dança teatral. 

No
caso deste último (os praticantes), deve-se notar que a maioria das
dançarinas de Gothic Belly Dance são extremamente familiarizadas com a
música tradicional da dança do ventre e seus movimentos, e consideram este
gênero de dança uma exploração de um talento de uma forma
válida

da mesma forma pode-se dizer que elas executam Cabaret Belly Dance, e especializam-se em estilos Turco e Egípcio Clássico (*_____*).
Os estilos Turco e Egípcio Clássico são principalmente definidos pela
música e sua interpretação, assim como o figurino baseado na cultura.
O mesmo é verdadeiro para a Gothic Belly Dance. Os
movimentos de base são os mesmos, as batidas da música subjacentes são
frequentemente as do Oriente Médio (e outras composições tradicionais não-ocidentais), e a música influencia a atitude dos movimentos e figurino.”


Fonte: http://gothicbellydance.com/

Também há este outro site, em português (percebe-se que este faz uso de alguns textos do site acima citado): 

E este é um blog dedicado à Dança do Ventre, deem uma conferida:

Ficaram curiosas (os)? No site há muito mais informações sobre vestuários, maquiagens e acessórios  típicos da GBD, movimentos, categorias da dança e etc. Também bisbilhotei no Youtube e vi que lá há uma enxurrada de vídeos de Gothic Belly Dance, vejam um:

E aí, o que vocês acharam?
Eu curti bastante, e, seeeeee eu pudesse, tomaria aulas de dança egípcia ♥____♥ rsrs.

Bem, já está na minha hora, galerinha. Espero que vocês tenham gostado. Mas e aí? Vocês já conheciam a GBD? Já presenciaram alguma apresentação? Conhecem alguém que pratica? Nunca tinham ouvido falar? Detestaram o post rs? Por favor, não deixem de comentar, e aproveitem para dar sugestões de temas que vocês gostariam de ver abordados aqui no blog.

See ya ♥

4 Responses to “ARABIAN NIGHTS…”

  1. Mandou super bem na escolha do tema, adorei!!!Curto mto GBD e já tive o prazer de ver ao vivo em uma festa aqui no Rio.Ótimo post, duda.=*

  2. Véeeei eu não conhecia, que interessante *-*Deve ser muito lindo ver ao vivo! Será que na Mystic Fair daki de Sampa vai ter eventos do tipo? *o*Amei o post, muito interessante mesmo!;*

  3. Olá!^^super interessante o post.Nunca escutei falar sobre GBD, ou se já, não dei muita importância.Lindo.

  4. Oi pessoal, muito obrigada ^ ^Pois é, também acho a GBD perfeitaa, mas nunca tive a chance de ver ao vivo, porém, pretendo. Bjoos ♥

Em busca de respostas? Eu também, então deixe seu comentário, opinião ou sugestão que lerei com muito carinho

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: