Não me deixe sem coração, pois é a única coisa que sei fazer, perde-lo em meio a decepções. Não me deixe brava, sentada numa escada, me sentindo um peso a deixar-se cair. Não me deixe viver desenganada, não com o que é triste, mas com o que penso que seja feliz, que seja bom, que seja novo. Faça que toda esta amplitude do meu ser valha a pena, eu que estive tão presa num oceano sem caminhos, eu que nunca acreditei no amor, eu que desisti do banal do mundo.
Não me deixe numa rocha, a te ver partir quando ela voltar.

Em busca de respostas? Eu também, então deixe seu comentário, opinião ou sugestão que lerei com muito carinho

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: